terça-feira, dezembro 27, 2005

Nada, nem mesmo a chuva

BlockquoteNobody, not even the rain, has such small hands. e.e.cummings

Nada, nem mesmo a chuva

tem tão pequenas gotas

como as lágrimas que se movem

dentro do coração.

E as pequenas mãos

que sobem pelo rosto

das mães? Ninguém

como elas tem a chave

para tão pequenas nuvens.

Ninguém, nem mesmo o silêncio

tem tão pequenas mãos

para abrir tão fechado

domínio.

3 comentários:

Maria do Céu Costa disse...

Bonita tradução a deste poema. Beijinhos.

J.T.Parreira disse...

Maria do Céu, obrigado pela visita.
Esclareço que este poema não
é tradução, é um original meu. A partir da epígrafe-verso de um poema de e.e.cummings.
Um abraço

Maria do Céu Costa disse...

J. Parreira, peço desculpa pelo lapso. No entanto em nada altera a minha opinião quanto a ser um bonito trabalho.
Beijinhos.