domingo, outubro 30, 2005

O Testemunho do Génesis

Toda a beleza do Éden é o que existe
no homem.
Impossível dizer outra coisa
da vida.
De toda a beleza do Éden
o que existe é o homem.
Entre o descanso e os relógios,
quando a luz compõe aqui
e além a nitidez da manhã,
entre um pássaro que apanha o voo
e a confusão universal.
Mesmo quando no sono
tem um sonho leve,
de todo o Éden é o esplêndido
homem que embeleza a morte.

*

Bom dia!

2 comentários:

Maria do Céu Costa disse...

Invocando o Eden. Gostei de ler. Cumprimentos.

Ana Maria disse...

".../
de todo o Éden é o esplêndido
homem que embeleza a morte.
.../"
bom dia