terça-feira, abril 11, 2006

Kairouan, de August Macke

Areias coloridas
no ar, grãos
de sol
a descer no
vento,

nos olhos
sobre Kairouan
detonam as
cores -

nas muralhas,
nas guardas
das casas.

3-2-2006

(J.T.Parreira)

1 comentário:

Maria Costa disse...

Um quadro com duas pinturas a da cor e a poética.

Beijinhos.