sexta-feira, março 03, 2006

Poema

Espelhos

Do lado de fora
do espelho
as caras,

olham-se
voltadas para
o vazio.

Dentro
do espelho
os gestos

imitam
a
vida.

3 comentários:

Maria Costa disse...

"...Dentro
do espelho
os gestos"

são vida.

Gostei.

Beijinhos.

hfm disse...

Bela dialéctica poética! muita cacafonia neste comentário!

Ana Maria disse...

o espelho é a frente do nosso ser.