quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Poesia com destinatário

o Circo, de Marc Chagall


O Neto Dormindo

Para o Vasco

O que o sonho
não revela
no rosto

do menino,
o rosto
da almofada -

forte,

a exaltação
do peito
dorme.



1 comentário:

Ana Maria disse...

joão enriqueço cada vez que te visito!
espero a tua voz, um dia destes!