domingo, fevereiro 05, 2006

Desconversável

A partir da peça «Paisagem», de Harold Pinter

Gostava de estar ao pé do mar.
É ali, diz ela-
O cão foi-se.Não te disse, disse ele-
Areia nos braços dele, disse ela-
Voavam por ali, numa agitação, disse ele-
Na cozinha
da casa de campo, sentados
ambos, afastam-se
o mais possível
até ao fim
da tarde, as
frases.


1 comentário:

Celso disse...

Magnífico, Parreira. Irretocável. Um poema perfeito.

Saudações