terça-feira, dezembro 09, 2008

Equivocou-se a pomba


Se equivocó la paloma.
Por ir al norte, fue al sur.
Rafael Alberti



Em círculos brancos,
reflectiu-se na água, voava
a pomba equivocada ,

o seu beiral , o seu balcão,
são agora
o largo mar,

entre o sul e o norte,
no círculo de lume, o sol
a ofuscava.

Se equivocava a pomba
de girassol, voava perto
aquecendo as asas.

8/12/2008

1 comentário:

CANIZALES disse...

Saludos desde Colombia!!

POEMAS PARA NADIE
http://umbralpoesia.blogspot.com/