sexta-feira, agosto 13, 2010

Uma bela viagem para Ítaca


Uma bela viagem deu-te Ítaca.
(Kaváfis)

Se pensas regressar a Ítaca
escolhe o amplo mar
não te percas nas esquinas
da tua mente, nos espelhos
que mostram o teu rosto
Vai como estás, tu apenas
és a única equipagem
Se partires um dia rumo a Ítaca
não penses
que o sal e o orvalho das manhãs
impedirão as cãs no teu cabelo

Não há Penélope nem Telémaco
que te esperem
nem cão, porque chegas contra o vento.

7/8/2010

Poema publicado originalmente (inédito) em A Ovelha Perdida

2 comentários:

hfm disse...

Este vou guardar numa pasta do meu pc que tem poucos poemas e a que dei o nome de Poemas de Luxo. Obrigada.

F. Otavio M. Silva disse...

deu até vontade de ir lá mesmo
adorei o blog
depois dá um olhada no meu

http://otaviomsilva.blogspot.com/

Abraço.