terça-feira, setembro 27, 2005

Bom dia!

SALMO PRESENTE

Escuto. Mas o uivar dos lobos não me assusta.
Nem o rumor do vento
poque o meu olhar se me alonga
para os pastos verdejantes
e águas tranquilas.
O bardo onde vivo refrigera-me
(já nem sei o que sejam veredas errantes).
A lã de que sou vestido é branca,
e só de alegria o peito me salta
porque a mesa em que me sento é farta
e os meus inimigos se espantam comigo.

Brissos Lino, in Antologia da Nova Poesia Evangélica
Rio de Janeiro, 1977

3 comentários:

Billy disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Maria do Céu Costa disse...

Gostei deste "Salmo Presente":
"porque o meu olhar se me alonga
para os pastos verdejantes
e águas tranquilas..."
Cumprimentos.

Ana Maria disse...

sentimentos de quem pertence ao reino de Deus; Alegria de viver, prosperidade e vitória. Amen
e os inimigos venham eles-hihihi