terça-feira, julho 12, 2011

Jacob e o Anjo

(Gauguin, 1888, A luta de Jacob e o Anjo)


A interminável luta, mãos
entre mãos, a voz
nos olhos de ambos, quando os lábios
estão calados
Jacob e Anjo, a luta
recomeçam golpe a golpe
anjos sem armas
no bálsamo da noite, na íntima
tessitura
da música da água.

11/7/2011

2 comentários:

hfm disse...

Que beleza e que final!

José Eduardo Lopes disse...

Saudações. Belo, sem dúvida. Lembrou-me um microconto do argentino Marco Denevi:

AMOR ANGÉLICO
Aún sabiendo que vencerá, el ángel consiente en luchar con Jacob hasta el alba porque los ángeles ignoran el desprecio.